terça-feira, 19 de julho de 2011

EBSCO- LYON Journée du professionnel d'information

Construir a Biblioteca do Futuro
Le 30 mars 2010 - Lyon - France

Presente em diversos setores das atividades relacionadas ao tema Informação, a EBSCO INFORMACAO E SERVICOS é Líder neste domínio. Atua em Bibliotecas Universitárias e Centros de Pesquisas Acadêmicas, Centros de Informação de Empresas Privadas, Bibliotecas Publicas e Ministérios. No seu ramo de negócios, oferece uma alta gama de serviços relacionados ao mundo da documentação, em diferentes suportes. (Serviços de gestão de assinaturas em papel e eletrônico disponibilizando acesso as bases de dados de texto integral ou licenciadas, oferece soluções de acesso à web e recurso para pesquisa documentaria em bibliotecas, venda de livros sistema e-book entre outros.)

Na França é líder com 61% do mercado. Emprega 160 pessoas, possui 8.000 clientes e um rendimento de 142 milhões de euros por ano.

Como o nome indica, este Simpósio é organizado uma vez por ano em colaboração com diversos editores especialistas no assunto e é endereçado a todos os profissionais da area da informação e de bibliotecas. Bibliotecários, documentalistas, clientes ou não, participam do Evento. Também as pessoas que são responsáveis em «Gestão de aquisição» ou seja «pessoas que decidem» e «formadores de opinião» em seus respectivos estabelecimentos.

Esta é a segunda vez que participo de um encontro entre profissionais da área de informação promovido pela EBSCO na França. A primeira foi 19 de junho 2008 e a recepção no paquebot des yachts de Paris, onde tivemos a oportunidade de aproveitar o romantismo do Rio Sena e passar algumas horas a navegar, depois do evento.

Este ano a 21° edição do Encontro foi em uma «Maison» chamada Chateau Montchat em um bairro tranqüilo de Lyon. A EBSCO propôs como tema Construir a Biblioteca do Futuro …….onde todos os participantes puderam discutir e fazer uma reflexão sobre as necessidades dos usuários do futuro. Escolhi para este relato, o aspecto relativo as pesquisas documentarias. Para facilitar as discussões tivemos alguns palestrantes “experts” na área. Profissionais da EBSCO que atuam no Mercado há muitos anos e que nos mostraram algumas ferramentas (sistemas e suportes ).
Os dirigentes comerciais da EBSCO apresentaram a nova ferramenta para auxiliar na busca da informação. Este recurso é utilizado para se pesquisar na Coleção inteira de uma Instituição de forma rápida e pratica e é denominado EBSCO DISCOVERY SERVICE.

Nesta palestra, cujo tema “Qual futuro para os bibliotecários?” a pergunta lançada como desafio foi “como ajudar o profissional da informação a construir a biblioteca do amanha?”

Sabendo que o usuario tem necessidade de acesso a esta informação (nos apresentaram dados estatísticos de uma pesquisa feita pela EBSCO em 2008/2009) onde o resultado informa que 50% dos utilizadores da internet (incluindo os universitários e estudantes de segundo grau) procuram suas respostas em “moteur de recherche” Google, yahoo entre outros.

Os porques?

• Falta de reconhecimento aos profissionais da informação (bibliotecários documentalistas?)

• Falta “budget” nas Universidades e Escolas para ensinar estes usuários a fazer suas pesquisas utilizando outros “meios” disponíveis?

• O que o profissional da informação (bibliotecários e documentalistas) podem fazer para mudar este contexto?

A partir daí começaram as discussões, entre as respostas interessantes pude anotar:

• Nós, bibliotecários e documentalistas temos o “dever” de ajudar o usuario a aceder à boa informação no bom momento;

• Esta atividade, “pesquisa documentaria” significa a evolução da nossa profissão;

• Esta é uma nova competência entre outras tantas que são necessárias ao bibliotecário e documentalista neste novo tempo;

• Temos que ter a capacidade de renovar nossas experiências profissionais, assumir novos papeis e saber como gerenciar este sistema de informação que se apresenta hoje;

• Entre este “saber gerenciar” está a inserida a inteligência competitiva e a capacidade de transmitir nosso conhecimento de maneira simples eficaz;

• Marketing em bibliotecas, ou seja, o suporte para o bibliotecário. Divulgar os serviços, colher os dados, fazer levantamentos das necessidades dos usuários, divulgar e promover o acervo das bibliotecas (exposições, elaborar catálogos, mostrar as obras raras, divulgar os novos recursos eletrônicos adquiridos,...)

• Ter uma visão global da Empresa, ou da Instituição onde atuamos como profissional bibliotecário ou documentalista.

• Conhecer a visão e o conceito de Biblioteca na web 2.0;

Este relato conta uma pequena parte desta agradável «journéé» onde pude também estabelecer relações profissionais com colegas de varias Instituições na França.

Agradeço a gentileza da BibliotecáriaTelma Barros, da Universidade Federal do Paraná que com boa vontade conversou com a pessoa responsável pela EBSCO no Brasil e esta pessoa concedeu um convite, possibilitando a minha participação neste Evento.

http://www.chateau-montchat.com/video.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário