terça-feira, 13 de março de 2012

Um pé de Haicai.


Poucos já ouviram falar de publicações de livros de haicais, mas o gênero é bastante reverenciado no Brasil. Curitiba e São Paulo são, inclusive, dois pólos importantes desta prática poética e pelo Brasil a fora se espalham por bibliotecas de poetas e curiosos leitores deste gênero.
O haicai chegou ao Brasil na primeira década do século XX, em 1908, o Navio Japonês, Kasato Maru, trazia para nossas terras os imigrantes japoneses e, entre eles, o haijin (poeta que escreve haicai) Shuhey Uetsuka (1876-1935) que escreveu o seguinte haicai, quando avistou o Brasil:

“Karetaki o
miagete tsukinu
iminsen


A nau imigrante chegando:
vê-se lá no alto
a cascata seca.

O Kasato Maru, em 1908 trouxe, junto com os imigrantes japoneses
a semente do haicai, através do poeta Shohey Uetsuka.
(Tradução: Massuda Goga)”

Inspirado por tão bela história, decidi “criar”, no jardim de minha casa, em Cabo Frio, o primeiro “Pé de Haicai” que se tem notícia, com o objetivo único de divulgar publicações sobre este tipo de poesia, para, assim, inspirar quem queira fomentar suas bibliotecas com livros raros. Clique Aqui para ver o filme.

Nenhum comentário:

Postar um comentário